“Aquele que está em vocês é maior que aquele que está no mundo…”

« Voltar

Chegamos ao penúltimo mês do ano e com ele vem uma bateria de atividades de preparação para terminá-lo bem. Supostamente, eu deveria estar me preparando para finalizar minhas atividades aqui, mas graças ao Eterno e as doações que têm chegado, posso dizer que nosso trabalho está apenas começando e há tanta coisa para falar que não posso e limito-me a um resumo de no máximo duas páginas contando apenas o superficial de cada pequeno grande milagre realizado pelo Onipotente Deus de Israel.

Confesso que não tem sido fácil, pois os limites humanos são colocados à prova constantemente, começam os cansaços: físico, mental, psíquico, cultural e até espiritual e aumenta a luta para não reclamar mais do que trabalho, a “corda começa a ficar tensa” pois o inimigo sabe que está perdendo espaço. Após 9 meses de muito estudo, dedicação, aprendizado, entrega e amizades, finalmente consegui a confiança das pessoas, que agora se interessam muito mais para saber o que tenho para oferecer (ainda que sou eu a que mais aprendo por aqui), sendo assim, o trabalho tem fluído de vento em popa, deixando-nos muito contentes com o desenvolvimento das atividades com crianças e jovens, o que é o nosso foco. E realmente a mão do nosso Redentor tem nos guiado e nos levado a caminhos inimagináveis.

No mês de outubro nós trabalhamos muito no “retorno” do clube de desbravadores, digo isso porque como eles passaram três meses de férias e foram para o campo trabalhar, nossas atividades estavam em baixa. Além da festa de investidura que foi linda e motivacional, fizemos uma semana de oração de jovens que foi simplesmente SENSACIONAL! Com a presença diária de mais de 30 pessoas (os jovens compareceram em massa) e temas inspiradores que permitiram a participação ativa de quase todos através de perguntas e respostas. E como sugerido dentro do programa, nós preparamos uma Santa Ceia para a igreja, algo diferente do que vimos na última vez, algo mais espiritual e que realmente fizesse sentido para cada um dos participantes. E creio que, para honra e glória do Senhor, nós conseguimos. Foi um programa simples, gostoso, organizado e espiritual e logo após, alguns jovens me procuraram para conversar e contar sua realidade com Deus, achei isso muito fofo e sincero, ver jovens que ainda não desistiram da causa do Altíssimo mesmo com tantas coisas impedindo-os de se aproximar. Aproveitando todo esse momento, pois aqui é como se o ano começasse em setembro, nós começamos a classe bíblica infantil e temos de 13 a 19 participantes, todos com idade entre 8 e 13 anos.

Está sendo muito gostoso apresentar a Palavra de Deus a eles e vê-los aos poucos se apaixonando pela Carta de amor do nosso Criador e Salvador. Além disso, continuamos com as tarefas anteriores: Pequenos grupos, atividades recreativas com as crianças, atendimento a pequenos ferimentos, aulas de futebol, violão e espanhol (com a novidade de havermos começado um projeto voluntário em uma das poucas escolas cristãs que há por aqui, temo até em dizer que seja a única), auxílio na escola sabatina e nos cultos de quartas-feiras, formação de líderes para crianças e adolescentes, confecções de móveis de campo e a direção do clube de desbravadores e aventureiros. Todavia, com tantas atividades, sinto-me cansada, mas não desanimada, pois vejo constantemente as obras do nosso Pai em favor de cada um daqueles que estamos lutando para apresentar o novo lar. E se você tem acompanhado os meus relatórios, com certeza vai querer saber do PG das quintas-feiras, pois bem, estamos crescendo em estatura e graça diante de Deus e a cada encontro é possível sentir a presença real do Todo Poderoso que tem nos ajudado muito com o dialeto e com as interpretações. Sem dúvidas o seu auxílio tem sido substancial, seja ele financeiro ou espiritual eu o sinto chegando de todos os lados. Mais uma vez MUITO OBRIGADA!

“Dando aos discípulos a comissão de ir “por todo o mundo e pregar o evangelho a toda
criatura” (Marcos 16:15), Cristo designou aos homens a obra de disseminar o
conhecimento de Sua graça. Porém, enquanto alguns saem a pregar, Ele roga a outros
que atendam a Seus pedidos de ofertas, para manter Sua causa na Terra. Pôs Ele
meios nas mãos dos homens, para que Seus dons divinos possam fluir através de
canais humanos, de salvar nossos semelhantes. Esta é uma das maneiras em que
Deus exalta o homem. É justamente a obra de que o homem precisa; pois lhe
despertará no coração as mais profundas simpatias, e porá em atividade as mais
elevadas faculdades da mente. ” (WHITE Ellen. Testemunhos para a igreja vol. 9.
p.255.1)

 

“Filhinhos, vocês são de Deus e os venceram, porque aquele que está em vocês é maior do que aquele que está no mundo. ” 1 João 4:4

 

Por: Bruna Queiroz

« Voltar